• (42) 3025-7251
  • contato@erickluiz.com.br

Arquivos por mês 9 de dezembro de 2021

O QUE É IPO COMO GANHAR DINHEIRO COM IPO COMO INVESTIR EM IPO VALE A PENA

O QUE É IPO – COMO GANHAR DINHEIRO COM IPO? – COMO INVESTIR EM IPO

Você sabe o que é IPO?

De tempos em tempos sempre tem uma notícia que alguma empresa está fazendo o seu IPO, mas você sabe realmente o que é um IPO?

E o mais importante, você sabia que dá para ganhar dinheiro com isso?

Afinal, o que é IPO?

IPO (initial public offering) nada mais é que uma sigla que trazendo para o português seria Oferta Pública Inicial.

Como o próprio nome já diz, IPO consiste basicamente na primeira vez em que uma empresa abre o capital na bolsa de valores, vendendo uma fatia dela para os investidores e passando a ser listada.

Por isso que muitas vezes você deve ter ouvido falar que determinada empresa abriu o capital na bolsa de valores, nesse caso ela realizou um IPO.

Quando uma empresa realiza o seu IPO ela está vendendo um pedaço dela para investidores interessados. Esse pedaço é dividido em várias pequenas partes, o nome de cada uma dessas partes é ação.

Ou seja, uma ação é uma fração, um pedacinho de uma empresa.

Quando um investidor compra uma ação ele passa a ser acionista dessa empresa, isso significa dizer que agora ele é sócio dela, mesmo que seja com apenas uma ação, ainda assim o investidor tornou-se sócio dessa empresa.

Mas por que uma empresa realiza o IPO?

A principal motivação para a empresa realizar o seu IPO é financeira, quando uma empresa precisa de dinheiro para financiar a sua expansão ou mesmo algum projeto, ela tem algumas opções para isso.

Ela poderia por exemplo, recorrer a um empréstimo com algum banco pagando em troca juros para ele.

Agora outra opção seria a empresa captar esse dinheiro dando em troca um pedaço do seu negócio através do IPO.

É uma forma barata de se conseguir capital e com o bônus de não precisar necessariamente devolve-lo, afinal a empresa está vendendo parte do seu negócio e muitas vezes por um valor bem acima do que ele vale naquele momento.

Quais as vantagens do IPO para a empresa?

O ponto principal, é a captação de muito dinheiro de forma barata, geralmente as empresas captam milhões ou até mesmo bilhões de reais em seus IPOs. Esse dinheiro entra diretamente na empresa para financiar a sua expansão e fortalecer o seu negócio.

É claro que não é qualquer empresa que sai abrindo o seu capital na bolsa de valores através de um IPO. Para isso a empresa precisa estar em um nível elevado de gestão e governança, ter credibilidade e transparência e passar por auditorias periodicamente.

Agora em contrapartida, isso dá uma espécie de selo de qualidade para aquela empresa, o que ajuda a atrair ainda mais investidores, melhores taxas de financiamento e ampliar ainda mais os seus negócios.

De modo geral as pessoas vêm com outros olhos uma empresa que esteja listada na bolsa de valores. Isso faz a empresa atingir um outro patamar de credibilidade.

Com as ações sendo negociadas na bolsa de valores, o mercado passa a ditar o preço da empresa, quanto maior a procura por aquelas ações, mais elas sobem, quanto menor, mais elas caem.

Essa valorização das ações traz outro benefício para a empresa, ela pode fazer novas emissões repartindo mais um pedaço de seu negócio e conseguindo ainda mais capital do que em seu IPO.

Quais as desvantagens para a empresa?

Como nem tudo são flores, existem muitas empresas que acabam sendo castigadas pelo mercado, é claro que isso ocorre devido sobretudo a não apresentarem bons resultados, isso acaba gerando uma desvalorização de suas ações que pode ficar abaixo inclusive do valor do seu IPO.

Para a empresa ser negociada em bolsa, existe todo um custo de gestão, auditorias e talvez o pior deles que é o custo de transparência.

Uma empresa listada em bolsa de valores precisa obrigatoriamente publicar tudo que acontece com ela, seus balanças, relatórios financeiros e até mesmo qualquer movimentação que possa interferir no rumo da empresa ou no valor de suas ações por meio dos famosos fatos relevantes.

Além do custo financeiro com toda essa burocracia, todo mundo, inclusive seus concorrentes passam a saber como está a empresa, isso pode ser considerado até uma certa desvantagem.

Agora um ponto importante de ser lembrado, o lucro gerado por essa empresa, pode ser reinvestido nela, distribuído parte dele ou mesmo distribuído a sua totalidade entre os sócios, isso inclui os seus acionistas.

Outro ponto importante é o fato que após o IPO, não entra mais capital na empresa a não ser que ela realize uma nova emissão de ações.

Ou seja, o IPO é o momento que a empresa vende suas ações para os investidores, isso é chamado de oferta primária, após a realização do IPO os investidores negociam essas ações entre eles, isso é chamado de mercado secundário.

Após o IPO um investidor só consegue comprar uma ação de outro investidor, essa negociação das ações que faz com que o seu preço se valorize ou desvalorize de acordo com a oferta e procura.

E para o investidor quais as vantagens de se investir num IPO?

A grande vantagem de se investir em um IPO, é a possibilidade de estar comprando a ação dessa empresa em um valor mais baixo do que quando ela passar a ser negociada oficialmente na bolsa de valores.

É claro que isso é apenas uma possibilidade, mas existem muitos exemplos de IPOs que já no início da negociação das ações, tiveram forte valorização, ou seja, o investidor que entrou no IPO, conseguiu investir nessa empresa no menor preço possível naquele momento.

Então o investidor passa a ter 2 opções, simplesmente vender as ações já no primeiro dia de negociação colocando no bolso o lucro dessa operação ou se ele investiu na empresa pensando no longo prazo ele pode continuar com as ações sendo sócio dessa empresa.

A venda da ação logo em seguida ao IPO é conhecida também como flipagem, ela nada mais é que uma forma de especulação, visando ter um grande lucro em pouco tempo e isso é claro envolve riscos que vamos ver logo em seguida.

Se bem-sucedida a estreia da empresa na bolsa de valores, ela pode garantir lucros de mais de 2 dígitos percentuais, inclusive, existem muitos investidores que se especializam e focam nessa técnica para ganhar dinheiro, esses investidores são conhecidos como flippers.

Quais são as desvantagens de se investir em um IPO?

Se por um lado existe a possibilidade de se conseguir pagar mais barato por uma ação, o problema é que ela pode ficar ainda mais barata do que no seu IPO.

Em muitos IPOs o valor estabelecido pela empresa é superior ao valor que o mercado acredita que ela possa valer, sendo assim muitas ações de empresas acabam tendo grandes quedas em suas estreias na bolsa de valores.

Então o investidor terá pago por aquela ação um valor maior do que ele poderia ter pago após o IPO. Se a empresa é boa e apresentar bons fundamentos, ela pode sim recuperar o seu valor de mercado e continuar se valorizando no longo prazo, mas o risco está exatamente no fato de ser imprevisível.

Basicamente se a estreia das ações daquela empresa é bem-sucedida o investidor irá ganhar dinheiro, caso contrário ele terá feito um mal negócio.

E se a estratégia era realizar uma flipagem, o investidor terá  que opitar por realizar o prejuízo e vender a ação em um valor menor do que ele pagou ou ele pode optar por esperar que a ação se recupere.

Isso pode ou não acontecer.

Outro ponto negativo para o IPO, é que muitas empresas acabam arrumando a casa para a sua abertura de capital e talvez até digamos escondendo alguns problemas debaixo do tapete, problemas esses que só irão aparecer para os investidores com o passar do tempo e a divulgação dos resultados da empresa.

Isso pode fazer as ações se desvalorizarem, afinal os investidores entraram achando que a empresa estava em uma situação e se depararam com outro cenário.

Como eu invisto em um IPO?

Para você entrar em um IPO, de modo geral você precisa ter uma conta em corretora, cada corretora terá um caminho especifico dentro de seu site ou aplicativo, mas geralmente os IPOs ficam dentro da área de ofertas primárias.

Acessando essa área, você irá fazer um pedido de reserva, informando assim quanto quer investir na empresa.

Após o processamento do seu pedido o valor correspondente já será descontado de sua conta na corretora.

Após o IPO as ações passam a aparecer em sua conta e inclusive já podendo ser negociadas.

Existem IPOs que é feito uma trava para impedir a flipagem, é o chamado Lock-up, mas se isso irá ocorrer sempre é mencionado no prospecto do IPO.

Outro detalhe importante, nem sempre é possível investir todo o dinheiro informado no ato da reserva, se tiver uma procura muito grande por reservas, as ações são distribuídas proporcionalmente aos pedidos e a diferença de valores é devolvida.

O IPO pode ser uma oportunidade ou uma furada, existem é claro vários analistas especializados em avaliar IPOs e a própria empresa que está abrindo o seu capital divulga vários relatórios e dados em seus prospectos, mas mesmo assim ainda existe muito risco envolvido de como o mercado irá encarar aquela empresa.

Se você pensa em entrar em um IPO o que eu posso dizer para você é que tente buscar o máximo de informação possível antes de investir e nunca entre com um percentual muito grande de seu capital.

Recomendação de conteúdo: IPO DO NUBANK! Vale a pena investir no Nubank? TUDO SOBRE O IPO DO NUBANK

PIX SAQUE E PIX TROCO É seguro Vale a pena Como funciona Saque dinheiro com o PIX

PIX SAQUE E PIX TROCO: É seguro? Vale a pena? Como funciona? Saque dinheiro com o PIX

O PIX realmente caiu no gosto do brasileiro, após 1 ano de vida, mais de 60% da população já utiliza o meio de pagamentos e transferências no seu dia a dia.

E agora passam a funcionar mais duas grandes novidades do PIX, o PIX saque e o PIX troco.

Mas como funciona? Quais as suas vantagens e desvantagens e o mais importante é seguro?

O PIX

Está completando um ano de funcionamento e nesse tempo pode-se dizer que ele foi um verdadeiro sucesso, caindo no gosto do brasileiro.

Atualmente mais de 60% da população adulta já utiliza o PIX, sendo realizadas até então, mais de 7 bilhões de transações, que juntas somam mais de 4 trilhões de reais.

O PIX já supera a TED, a DOC e a emissão de boletos.

E agora mais 2 novas novidades do PIX entram em funcionamento.

Vamos começar pelo PIX Saque

Ele nada mais é do que a possibilidade de se realizar saques em dinheiro utilizando o PIX em qualquer estabelecimento comercial que esteja conveniado.

O PIX Saque irá transforma os estabelecimentos comerciais em caixas eletrônicos, onde você pode realizar saques em dinheiro evitando ter que procurar por um caixa eletrônico de uma agencia bancária ou mesmo um caixa 24 horas.

É engraçado que a 1 ano atrás eu falava em um aqui no blog sobre todas as possibilidades que o PIX iria oferecer e dentre elas estava exatamente essa possibilidade da realização de saques em estabelecimentos comerciais.

O que é o PIX – Tire todas as suas dúvidas aqui

 

Mas voltando ao PIX Saque, ele te dará a possibilidade fazer saques em qualquer estabelecimento comercial, seja ele, uma padaria, uma farmácia, um mercado e assim por diante, bastando que o estabelecimento esteja conveniado ao sistema do PIX.

E além disso os próprios caixas eletrônicos terão a opção do PIX Saque, mesmo que você não seja cliente daquela instituição financeira.

Na prática, basta que você entre em um estabelecimento comercial e faça um pagamento via PIX para aquele estabelecimento e em troca o estabelecimento irá te dar o mesmo valor em dinheiro. Simples assim!

No caso do caixa eletrônico

O formato é semelhante, você irá fazer um pagamento para o QrCode gerado na tela do caixa eletrônico e irá sacar o dinheiro, isso independente de qual banco você tenha conta.

E o PIX Troco, como irá funcionar?

O funcionamento do PIX Troco é semelhante ao PIX Saque, a diferença é que ao invés de você simplesmente fazer o PIX e sacar o dinheiro, no PIX troco você estará comprando um produto do estabelecimento e pagando um valor a mais que será entregue para você em dinheiro. Por isso o nome de PIX Troco.

Na prática, imagine que você foi até uma padaria e pegou uma garrafa d’agua, o valor dessa garrada é 5 reais, mas você gostaria de sacar mais 10 reais em dinheiro para levar com você.

Ao chegar no caixa para pagar, você solicita a atendente que gostaria de fazer um PIX Troco de 10 reais.

Sendo assim você irá fazer um pagamento via PIX de 15 reais, saíra com a garrafa d’agua e mais 10 reais em dinheiro.

E quanto custa realizar um PIX Saque ou PIX Troco?

Cada cliente poderá realizar até 8 saques por mês de forma totalmente gratuita, a partir do nono saque naquele mês, poderá haver cobrança, mas se irá haver ou não e qual o valor do nono saque em diante dependerá de cada instituição financeira.

Nada impede do serviço continuar sendo gratuito, muito provavelmente algumas instituições utilizem isso como um diferencial.

Encerrado o mês a contagem reinicia.

E qual a vantagem para os estabelecimentos que aderirem ao PIX Saque e PIX Troco?

Para os estabelecimentos existe uma série de vantagens.

A empresa conveniada ao PIX saque receberá uma tarifa que irá variar de 25 centavos a 95 centavos por transação.

O fluxo de pessoas nos estabelecimentos deve aumentar e por consequência parte dessas pessoas podem acabar adquirindo um produto ou um serviço da empresa.

E além disso, com o dinheiro sendo retirado fisicamente do estabelecimento a chance de assalto ou mesmo o prejuízo gerado por um, deve ser reduzido.

Já para as pessoas que aderirem ao PIX Saque e PIX Troco as vantagens são.

A possibilidade de sacar dinheiro em praticamente qualquer estabelecimento comercial, a qualquer hora do dia e sem a necessidade de estar com o cartão em mãos.

Além disso se você é cliente de um banco digital que não possui agencias, geralmente nessas instituições os saques são realizados em caixa 24 horas, o problema é que eles possuem custos, no caso do PIX Saque o custo seria somente a partir do nono saque no mês e podendo ainda ser gratuito dependendo da instituição financeira.

Isso sem citar que no brasil em muitas localidades simplesmente não existe agências bancárias de determinados banco e muito menos caixas 24 horas, com o PIX Saque esse problema deixa de existir.

E qual o valor limite para o PIX Saques?

Os limites são de 500 reais para o período diurno que vai das 6 da manhã as 20 horas e 100 reais para o período noturno que vai das 20 horas as 6 da manhã.

Mas cada estabelecimento comercial que aderir ao PIX Saque e PIX Troco, poderá estabelecer limites menores que esses se ele achar mais conveniente e seguro para ele.

Mas e os bancos não ganham nada com isso?

Os bancos também acabam sendo beneficiados, afinal com um menor fluxo de pessoas indo até as agencias, os bancos poderão reduzir o número de agências e terminais de caixa eletrônico, reduzindo assim o seu custo.

Com mais essas 2 novidades, o número de transações realizadas pelo PIX deve se multiplicar e muito, tanto o PIX Saque, quanto o PIX Troco irão facilitar a vida dos consumidores e entregar benefícios para os estabelecimentos conveniados.

Ainda são previstas mais novidades para o PIX, como por exemplo o PIX Internacional, mas isso é assunto para outro post.

E por falar em post, temos também outro post sobre pix aqui no blog: PIX: 23 Principais perguntas e respostas