• (42) 3025-7251
  • contato@erickluiz.com.br

Category Archive Bolsa de valores

Bolsa tem número recorde de IPOs em 2020

Bolsa tem número recorde de IPOs em 2020

Não foi só o número de investidores pessoa física que aumentou vertiginosamente em 2020, o número de IPOs (Ofertas iniciais de ações) é o maior desde 2007.

Mesmo em meio a uma grande pandemia e uma crise financeira causada pela mesma, as empresas tem buscado cada vez mais entrar na bolsa de valores, segundo especialistas, esse movimento dá indícios que continuará ocorrendo em 2021.

Entre janeiro e dezembro de 2020 foram realizados 28 IPOs na bolsa de valores brasileira (B3), com captação total de 117 bilhões de reais. Desde 2007 não se observava um número de IPOs como esse. Na época foram realizados 64 IPOs que levantaram ao todo 55 bilhões de reais, já no ano passado foram apenas 5 IPOs.

“É pouco comemorar ter 30 IPOs levando em conta o tamanho do mercado brasileiro. Deveria ser muito mais”, disse o executivo que preside um órgão da Bolsa formado por 20 representantes —de empresas e bancos a escritórios de advocacia e fundos de investimento— com papel de ajudar a B3 na criação e aprimoramento de produtos e serviços.

O maior IPO de 2020 foi realizado pela Rede D’Or (RDOR3), estreando na bolsa a um valor de mercado que supera os 100 bilhões de reais. Somente com o IPO a empresa levantou cerca de 11,4 bilhões. Esse é o terceiro maior IPO já registrado na bolsa brasileira.

Segue a lista das empresas que realizaram IPO em 2020 e quanto cada uma levantou em reais segundo a B3:

  1. 3R: R$ 690 milhões
  2. Aeris: R$ 1,1 bilhão
  3. Alphaville: R$ 305 milhões
  4. Ambipar: R$ 1,08 bilhão
  5. Boa Vista: R$ 2,21 bilhões
  6. Cury: R$ 977,5 milhões
  7. d1000: R$ 400,2 milhões
  8. Enjoei: R$ 1,1 bilhão
  9. Estapar: R$ 345,3 milhões
  10. Grupo Mateus: R$ 4,6 bilhões
  11. Grupo Soma: R$ 1,82
  12. Hidrovias: R$ 3 bilhões
  13. JSL: R$ 693,7 milhões
  14. Lavvi: R$ 1,16 bilhão
  15. Locaweb: R$ 1 bilhão
  16. Méliuz: R$ 583,4 milhões
  17. Melnick: R$ 647,8 milhões
  18. Mitre Realty: R$ 1,02 bilhão
  19. Moura Dubeux: R$ 1,25 bilhão
  20. Neogrid: R$ 486,45 milhões
  21. Pague Menos: R$ 858,9 milhões
  22. Petz: R$ 3 bilhões
  23. Plano e Plano: R$ 633,4 milhões
  24. Priner: R$ 200 milhões
  25. Quero-Quero: R$ 1,94 bilhão
  26. Rede D’or: R$ 11,4 bilhões
  27. Sequoia: R$ 905,8 milhões
  28. Track & Field: R$ 454,7 milhões

Em partes o que explica esse número crescente de IPOs, o mesmo motivo do número crescente de investidores pessoa física na bolsa de valores, a taxa Selic em queda histórica a 2% ao ano serve como motivação para que os investidores procurem por melhores rentabilidades na bolsa de valores apesar do risco mais elevado.

Com um número maior de investidores na bolsa as empresas viram como uma oportunidade de entrar também nesse mercado via realização de IPO.

Uma possível retomada da economia em um cenário pós-pandemia deve motivar ainda mais empresas e investidores a virem para a bolsa. Logicamente temos nossos problemas internos como inflação em tendência de alta e o rombo fiscal que depende em grande parte que as reformas tributarias e administrativas sejam realizadas.

O mercado também aguarda pelas privatizações prometidas pelo governo e observa atentamente como a economia irá se comportar em um cenário sem o auxílio emergencial.

Caso você queira saber mais a respeito de como a bolsa de valores funciona e porque uma empresa realiza o IPO, confira o post que eu fiz: Bolsa de valores: O que é e como funciona

Nubank recebe autorização para vender ações

Nubank recebe autorização do BC para vender ações

Nova empresa do NuBank poderá vender ações, debêntures e commodities

A Nu Distribuidora e Títulos e Valores Mobiliários (Nu DTVM), que é o braço de investimentos do NuBank, acaba de receber autorização do Banco Central do Brasil (Bacen) para dar início a suas operações. A decisão foi publicada no dia 23 de dezembro de 2020 em Diário Oficial da União (DOU).

A sede da empresa ficará em São Paulo, no mesmo endereço ocupado pela sede do NuBank (Nu Pagamentos S.A.) e terá capital social de 2 milhões de reais. O seu controlar será o mesmo controlador e fundador do NuBank, David Vélez Osorno.

Em janeiro de 2020 o NuBank tinha dado o primeiro passo em direção ao setor de investimentos, quando criou a sua gestora e se filiou à Associação Brasileira das Entidades de Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima).

A gestora, até então controlava somente o caixa do próprio grupo NUBank, buscando uma maior eficiência.

Esse é mais um movimento realizado pelo NuBank, buscando entrar no mundo dos investimentos. Um setor que está aquecido com a entrada de novas corretoras, bancos digitais e fintechs.

Esse movimento ocorre devido sobretudo a queda da taxa básica de juros (taxa Selic), que estimulou os investidores a procurarem opções com rendimentos superiores ao da renda fixa.

Se 2019, encerrou o ano com pouco mais de 1.6 milhões de investidores pessoa física na bolsa de valores, 2020 caminha para encerrar com mais de 3.2 milhões.

E não são somente os investidores que estão correndo para a bolsa de valores, o número de empresas buscando realizar IPO (Initial Public Offering) tem aumentado de exponencialmente.

Além disso o NuBank já havia anunciado a compra da corretora Easynvest. A operação foi autorizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica) em outubro desse ano.

Caso você queira saber mais a respeito sobre essa transação entre NuBank e Easynvest, confira o nosso post: Nubank compra Easynvest! E agora?

Bolsa de valores: O que é e como funciona

Você já deve ter ouvido ou visto alguma notícia sobre bolsa de valores.

Esse ano já chegamos a incrível marca de 3 milhões de investidores na bolsa de valores. Só para título de comparação esse total até o final do ano passado era de apenas 1,6 milhões.

E com a queda da taxa da renda fixa a tendência é que muitos mais investidores procurem a bolsa de valores como forma de turbinar os seus ganhos, mas afinal você sabe o que é e como funciona a bolsa de valores?

Antigamente o investidor poderia colocar o seu dinheiro na renda fixa a juros de 15, 16, as vezes até 20% ao ano, sem correr grandes riscos ele teria seu capital dobrado em apenas 5 anos, o que era ótimo!

Quando você assiste ao jornal e o jornalista fala a taxa básica de juros está em “tantos” por cento, de modo geral é essa taxa que a renda fixa segue e é chamada de taxa Selic.

Hoje a taxa básica de juros encontra-se em 2%. Esse é um dos principais motivos pelo grande aumento do número de investidores em bolsa de valores. As pessoas estão procurando aumentar os seus ganhos com renda variável e a bolsa de valores é uma das formas.

A Bolsa de valores nada mais é que um ambiente de negociação onde investidores podem comprar e vender ativos, sejam eles ações, fundos imobiliários, ETFs, BDRs, contratos de dólar, boi, milho, café e etc.

Para você ter uma ideia mais clara do que é bolsa de valores, podemos compara-la a uma feira. Onde produtores expõem os seus produtos para compradores que estão interessados em adquiri-los. Se um investidor decide vender uma ação, ele vai até a bolsa de valores oferece-la para compradores interessados.

Quando uma empresa precisa de capital para expandir os seus negócios, uma das formas dela conseguir esse dinheiro é através da bolsa de valores, essa empresa vende um pedacinho dela captando dinheiro a um custo barato, aumentando sua visibilidade e atraindo novos investimentos.

Essa operação de abertura de capital se chama IPO (Initial Public Offering) – que em português significa oferta pública inicial e cada pedacinho dessa empresa é chamado de ação.

Quando o investidor compra uma ação ele está na verdade se tornando sócio dessa empresa.

Com essa ação em mãos o investidor passa a ganhar na valorização dessa empresa e pode também receber parte de seus lucros aqui chamados dos famosos dividendos.

É importante lembrar que nem toda empresa paga dividendos, as que não pagam utilizam o lucro para reinvestir nelas mesmas e assim aumentar o seu tamanho e por sua vez o seu valor.

Lembrando também que os dividendos somente são pagos se a empresa tiver lucro.

Outro ponto é que o investidor também passa a dividir os riscos, por exemplo se a empresa quebrar ele perderá o seu dinheiro investido.

Além disso existem 2 tipos de ações, as ações preferenciais e ordinárias, as ações ordinárias dão direito a voto nas assembleias realizadas pela empresa, ou seja, o investidor poderia palpitar nas suas decisões, o peso desse palpite é proporcional a quantas ações ele possui.

Já as ações preferenciais dão preferência ao investidor receber por primeiro os seus dividendos. Aqui vão se enquadrar a maioria das pessoas físicas.

É através de uma corretora que o investidor irá acessar a bolsa de valores, a corretora é o agente custodiante, é como se ela fosse a sua representante na nossa grande feira. A corretora também que vai fornecedor as ferramentas para o investidor ver a sua carteira, realizar compras e vendas como um home broker por exemplo.

As ações da sua carteira após adquiridas ficam na CBLC que é a companhia brasileira de liquidação e custodia, caso sua corretora quebre por algum motivo, você não é afetado, bastaria transferir suas ações para outra corretora.

Exemplificando, imagine que a padaria do seu Zé resolveu abrir uma filial e para isso precisa de dinheiro, seu Zé muito esperto resolveu fazer um IPO de 20% do valor de sua padaria, a padaria do seu zé foi avaliada em um valor de mercado de 100 mil reais.

O valor a ser arrecadado seria de 20 mil reais, então para ficar mais acessível seu Zé decidiu que emitiria 20 ações a mil reais cada. A empresa só ganha dinheiro com ações durante o seu IPO, posteriormente a ele os novos acionistas irão negociar essas ações no que chamamos mercado secundário que é quando um acionista pode vender para outro e vice e versa. Entenda que você só pode comprar uma ação de outra pessoa que esteja e só consegue vender se outra pessoa quiser compra-la de você.

As pessoas costumam ver no jornal, as ações da petrobras se desvalorizaram 20% esse mês e pensam que a empresa está sendo a afetada por isso, o que não é exatamente verdade, isso interfere no valor de mercado da empresa, mas não tira exatamente dinheiro dela.

Mas voltando a padaria do seu Zé, agora que você é acionista dela, a padaria está crescendo e deu um lucro de 100 mil reais, seu Zé decidiu distribuir entre os acionistas 50% desse lucro e reinvestir o restante na padaria. Então os 50 mil reais serão distribuídos entre as 20 ações, o que daria 2.500,00 reais por ação, se você tem 2 ações receberia 5.000,00 reais de dividendos.

Como a padaria do seu Zé da lucros enormes chamou a atenção dos investidores, fazendo mais pessoas quererem compra-las. Aqui entra a famosa lei da oferta e demanda, mais pessoas querendo comprar e menos querendo vender faz essas ações se valorizarem. Lembra que você tinha pago inicialmente 1.000,00 reais nas ações do seu Zé? Agora elas estão valendo 1.500,00 ou seja se caso você vender suas ações você irá lucrar 500 reais por ação.

Agora imagine que a padaria do seu Zé sofreu uma terrível enchente, coitado do seu Zé, isso afetou o seu faturamento espantando novos investidores, fazendo assim o valor das ações de sua padaria cair a um valor de 500,00 reais.

E assim funciona o mercado da bolsa de valores, um detalhe importante, você não precisa vender as suas ações se elas estiverem em baixas, tudo depende da sua analise a longo prazo da padaria do seu Zé.

E mais importante ainda, grande parte das pessoas acha que precisa de muito dinheiro para começar a investir na bolsa de valores, o que não é verdade, você pode comprar as maiores empresas do brasil ou os maiores fundos imobiliários a partir de 10 reais as vezes até menos dependendo da ação.

Outras operações que a empresa pode fazer é vender mais uma fatia sua no mercado, essa operação é chamada de follow-on ou emissão secundaria de ações.

Ela também pode recomprar suas ações no mercado e ainda poderia fechar o seu capital através de uma oferta pública de aquisição OPA.

Nesse artigo eu me foquei só em ações, mas se você gostaria de saber o que é um fundo imobiliário eu vou deixar aqui em baixo na descrição o link de um vídeo onde eu explico o que são os fundos imobiliários, confere lá.

Ou aqui no blog mesmo, temos o artigo sobre Fundos imobiliários, confere lá!

O que são Fundos Imobiliários e como ganhar dinheiro

O nosso exemplo da padaria do seu Zé foi todo pautado no investidor que quer ser sócio das maiores empresas do nosso país na bolsa de valores, agora você também pode realizar operações especulativas como Day Trade e Swing Trade onde o investidor busca lucros a curto prazo com base nessa variação de preço das ações e outros ativos. 

Nubank compra Easynvest! E agora?

O banco digital Nubank anunciou no dia 11 de setembro de 2020 a aquisição da corretora de valores Easynvest. A transação não teve o seu valor divulgado, mas será realizada por meio de troca de ações entre as empresas e pagamento em dinheiro.

Por enquanto nada vai mudar para os clientes de ambas as empresas, as plataformas continuaram operando de forma independente.

Um grupo de trabalho será formado para planejar os próximos passos, o objetivo no futuro é integrar os serviços das duas plataformas após a aprovação da transação junto ao Banco Central e Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). Esse processo pode levar até seis meses para acontecer.

Com cerca de 30 milhões de clientes o Nubank é hoje o maior banco digital do mundo, só esse ano essa já é a sua terceira aquisição, esse movimento demonstra que o banco digital está acelerando sua expansão e entrando de vez no mercado dos investimentos.

“Nos últimos sete anos, temos desafiado o status quo para criar uma nova geração de serviços na América Latina. Já libertamos 30 milhões de pessoas da complexidade do sistema financeiro por meio de serviços e produtos práticos, convenientes e totalmente focados no cliente. O nosso desejo é fazer isso também no setor de investimentos”, afirma David Vélez, fundador e CEO do Nubank.
“O mercado de investimentos no Brasil ainda é muito complexo, com produtos caros e muitas distorções. Quanto menos favorecido o cliente, piores são as opções de investimentos. Vamos solucionar isso, replicando o modelo Nubank de levar simplicidade e eficiência para as pessoas, usando tecnologia e difundindo o nosso valor de foco total no cliente. Encontramos na Easynvest um parceiro que compartilha dos mesmos valores e do propósito de democratizar o acesso aos serviços financeiros”, complementa Vélez.
“Nosso principal objetivo sempre foi promover o acesso das pessoas a investimentos, para que pudessem ter o maior rendimento de seu dinheiro. Agora com o Nubank, poderemos potencializar esse propósito e levar os serviços para ainda mais pessoas no Brasil e América Latina”, afirmou Fernando Miranda, CEO da Easynvest, em nota à imprensa.

A compra da Easynvest acontece em um momento de franca expansão do setor de investimentos no Brasil, devido sobretudo a queda da taxa básica de juros (taxa Selic), que estimulou os investidores a procurarem opções com rendimentos superiores ao da renda fixa.

O número de investidores pessoa física só esse ano aumento em cerca de 76%, chegando próximo da marca de 3 milhões. Estima-se ainda um crescimento do volume de ativos sob custódia que pode passar de 3 trilhões para mais de 5 trilhões até 2025.

Não são somente os investidores que estão entrando no mercado, mas as empresas também vêm buscando realizar IPO (Initial Public Offering) para entrar na bolsa de valores.

Fundada em 1968, a Easynvest é hoje a maior corretora independente de investimentos do brasil com cerca de 1,5 milhão de clientes e mais de 23 bilhões de reais em ativos sob custódia. Ela também tem um foco grande em ajudar a democratizar o acesso a serviços do mercado financeiro no pais. Foi esse casamento de ideias que chamou a atenção do Nubank por ela.

A aquisição da Easynvest alça o Nubank à liderança entre as plataformas digitais de investimentos. Para realiza-la o banco levantou recentemente cerca de 300 milhões de dólares em investimentos em junho desse ano.

E o que vai mudar?

O Nubank, não é só o maior banco digital do mundo, ele conseguiu algo que nenhum outro banco tem. O Nubank não possui clientes ele possui fãs, a comunidade do Nubank é muito forte, ela vibra quando sai algum acontecimento com o banco, esse tipo de coisa só se vê com o Nubank.

O Nubank é famoso por descomplicar e desburocratizar o mercado financeiro evitando a cobrança de taxas e simplificando o acesso das pessoas, ele realizando o mesmo com o mercado de investimentos, eu não tenho dúvidas que teremos um forte crescimento de pessoas vindo para a bolsa de valores e outros produtos como em fundos de investimentos.

Afinal para o cliente do Nubank ficará tudo muito simples, ele vai poder investir pela mesma plataforma do banco, ou seja, a conta bancária e os investimentos vão estar todos juntos em uma mesma plataforma.

É importante dizer que alguns concorrentes do Nubank já possuem conta digital e investimentos juntos, como por exemplo o Banco Inter, mas com o número de clientes que o Nubank possui eu vejo um potencial enorme para o futuro do mercado financeiro.

Outro diferencial que o Nubank possui é o atendimento, além dele ser facilitado através do chat, um mesmo atendente consegue resolver o seu problema em diversos setores, não fica aquele empurra empurra entre atendentes, o que gera um ambiente amigável entre o banco e seus clientes.

Com mais essa aquisição, quem tem a ganhar sãos os clientes tanto da Easynvest quanto do Nubank, ainda vai levar um certo tempo para vermos as mudanças de fato acontecerem, mas o futuro do resultado dessa aquisição é bastante promissor.

Para o banco o futuro também é muito promissor, ele conseguirá ampliar sua receita com a oferta de novos produtos, consolidará ainjda mais a sua base de clientes acrescida dos novos que virão da base da Easynvest e aumentará a recorrência de uso dos serviços financeiros além de poder oferecer para os seus 30 milhões de clientes uma forma simples, rápida e fácil de investir.

E se caso você queira saber mais sobre o que é bolsa de valores e como ela funciona confere o post que eu fiz falando tudo sobre a bolsa de valores:

Bolsa de valores: O que é e como funciona

Ou ainda falando sobre corretoras de valores, vou deixar também o post que eu fiz falando sobre o corte de taxas da Rico e da XP Investimentos.

Rico ZERA taxa de corretagem e XP Reduz em 75%