• (42) 3025-7251
  • contato@erickluiz.com.br

Clubhouse: Tudo sobre nova rede social exclusiva

clubhouse, o novo facebook

Clubhouse: Tudo sobre nova rede social exclusiva

Uma nova rede social tem se tornado fenômeno nos últimos dias. Você já deve ter visto em suas redes sociais várias pessoas comentando sobre a Clubhouse.

Apesar da Clubhouse ter sido fundada em março de 2020 pelo empresário Paul Davison e pelo ex-engenheiro do Google (GOGL34) Rohan Seth, ela ganhou destaque nos últimos dias alcançando mais de 2 milhões de usuários e uma avaliação de mercado de mais de 1 bilhão de dólares.

Essa avaliação foi obtida graças a última injeção de capital do fundo de investimentos Andressen Hrowitz. O fundo aportou 100 milhões de dólares com o objetivo de estimular o crescimento do app.

Nos Estados Unidos a Clubhouse está sendo considerada um novo Facebook (FBOK34), sua popularização vem ganhando força após a entrada na rede de celebridades como o CEO da Tesla (TSLA34) e SpaceX, Elon Musk, a rainha dos talk shows Oprah Winfrey, o cantor Drake, o comediante Kevin Hart, o ator Ashton Kutcher, o comediante Chris Rock e até mesmo o fundador do Facebook Mark Zuckerberg.

Inclusive no dia 1 de fevereiro, Elon Musk usou o app para entrevistar Vlad Tenev, CEO do app de investimentos Robinhood, que ficou conhecido mundialmente após o caso com a GameStop. A conversa entre os dois CEOs foi compartilhada simultaneamente em outra plataforma de livestream e monitorada por mais de 120 mil pessoas.

A repercussão dessa entrevista foi tamanha, que fez disparar as ações de outra companhia, a Clubhouse Media Group, que não tem nada a ver com a empresa de rede social. As ações dessa empresa homônima se valorização mais de 117% em um dia.

O grande diferencial da Clubhouse, se dá pelo fato da rede social utilizar somente a voz como meio de comunicação, seria quase como uma espécie de podcast ao vivo com interações entre todos os participantes e coordenadas por um moderador que controla a vez de cada um falar.

Clubhouse telas

Dentro da plataforma existem os clubes, que são grupos de usuários unidos pelo mesmo assunto. Já existem grupos de inúmeros temas e assuntos que são categorizados por macro-áreas.

Outra diferença da rede Clubhouse é a sua forma de entrada, para fazer parte da rede social, não basta realizar o download do app, é preciso receber um convite de um amigo já cadastrado.

Esse fato gerou um verdadeiro comércio de convites, no eBay por exemplo, é possível encontrar convites para a Clubhouse sendo vendidos a partir de 50 dólares.

Sobre a venda de convites a Clubhouse não se manifestou até o momento, mas seus representantes deixam claro que pretendem expandir sua base de clientes num futuro próximo, assim que a sua base de clientes e a própria ferramenta estiverem melhor desenvolvidas.

A Clubhouse demonstra uma grande preocupação com questões de moderação do conteúdo. Já existem relatos de discursos de cunho homofóbicos, xenófobos e misóginos, seus representantes informaram que alguns usuários chegaram a ser banidos, mas não revelaram maiores detalhes.

Por enquanto tudo é gratuito e ainda não temos nenhum tipo de publicidade dento do app, mas isso ao longo do tempo deve mudar. Em entrevista ao Squawk Box da CNBC, o CEO Paul Davison disse:

“Há tantas pessoas incríveis que são inteligentes, que são engraçadas e que são realmente ótimas em reunir as pessoas”, disse Davison. “O que queremos é permitir que eles ganhem a vida diretamente no Clubhouse por meio de coisas como assinaturas e eventos com ingressos.”.

É difícil dizer se a Clubhouse será o novo Facebook, seu sucesso se dá em grande parte ao seu modelo diferenciado de comunicação unido pela entrada de personalidades famosas e beneficiado pela necessidade de dialogo gerados pela pandemia.

No entanto, ainda é muito cedo para se afirmar que esse frenesi todo se perpetuará, mas vale a pena sim você conhecer a rede e já criar suas raízes nela desde cedo.

Até o atual momento, app está disponível somente usuários de iOS com download diretamente via a Apple Store, está previsto o lançamento uma versão para Android em meados de junho deste ano na Play Store.

Erick Luiz

Deixe sua mensagem